As Casulas (do latim casulla, pequena casa), também chamada de planeta (derivação de paenula, manto de viagem romano) é um paramento próprio dos sacerdotes (presbíteros e bispos) para a Celebração Eucarística.

Esta veste em sua origem era comum a todos os ministros, tornando-se exclusiva aos sacerdotes somente no século IX.

Desenvolveram-se a partir de então dois modelos: a casula gótica (século IX), que é mais ampla e feita de tecidos mais leves.

E a casula romana (século XVI), mais estreita e de tecidos mais pesados.

O uso da casula atualmente pelos sacerdotes obedece a seguinte regra:

“A não ser que se disponha de outro modo, a veste própria do sacerdote celebrante, tanto na Missa como em outras ações sagradas, é a casula  sobre a alva e a estola” (IGMR n. 337).

A partir desta normativa, entende-se o uso da casula como obrigatório em todas as Missas.

Note-se que a IGMR permitia omitir a dalmática em celebrações menos solenes, mas com a casula o mesmo não acontece.

Além da Missa, utiliza-se obrigatoriamente a casula em celebrações a ela ligadas, ou seja, na Celebração da Paixão do Senhor na Sexta-feira Santa e nos Sacramentos e Sacramentais celebrados dentro da Missa.

A única exceção prescrita é quando se dispõe de outro modo, isto é, quando o próprio Missal prescreve expressamente a substituição da casula pelo pluvial.

Por fim, cumpre dizer que a casula é entregue ao sacerdote, juntamente com a estola, na Missa de sua Ordenação Presbiteral, logo após a oração consecratória.

http://pilulasliturgicas.blogspot.com/2013/08/a-casula.html

https://www.fabricadehostias.com.br/produtos-categoria/objetos-liturgicos/

Casulas importadas
R$249,00

até 2x de R$124,50 sem juros

R$229,00

até 2x de R$114,50 sem juros

R$225,00

até 2x de R$112,50 sem juros